19 de mar de 2016

O Fantasma da Ópera | #CafofoMovieNight



Desde a primeira vez que o assisti ele se ternou um dos meus filmes favoritos no mundo. Já tinha ouvido falar  no Fantasma da Ópera e julguei que nunca seria paciente o suficiente para eu encarar um musical de duas horas de canto lírico. Pois eu estava errada: fui tão paciente que já perdi as contas de quantas vezes já assisti. 



Dentro de sua cabeça

"Mais uma adaptação do clássico de Gaston Leroux. A história começa quando um fantasma (Gerard Butler) aterroriza a companhia de ópera francesa. Quando ele finalmente leva a soprano principal à loucura, ela abandona o trabalho e uma jovem Christine Daae (Emmy Rossum), assume o papel. É por ela que o Fantasma está apaixonado. Por isso, a sequestra para que ela seja sua noiva eterna. " - Fonte: Cinema 10



O filme começa em Paris no ano de 1919, estão leiloando artigos do velho teatro há muito abandonado. O lote 666 é o lustre do local, um gatilho para as lembranças de anos atrás voltarem às memórias de quem estava lá.
A Companhia de Ópera francesa está sob nova direção, dois homens que aparentemente não querem saber de nada além do dinheiro, são patrocinados pelo Visconde Raoul de Chagny. Carlotta é a soprano principal e a estrela da companhia de teatro, mas ela é instável e temperamental, sua voz é aguda e às vezes soa estridente. Após uma cortina cair sobre a cantora, ela decide ir embora - aparentemente esperando mais bajulações. Porém o que acontece é que uma bailarina contraria as expectativas e substitui Carlotta e canta tão bem (ou até melhor) que ela. 

No mesmo instante, os administradores conhecem o verdadeiro dono do teatro: O Fantasma da Ópera. Ele exige um salário mensal de 20 mil francos e que o camarote de número cinco seja reservado para ele em todas as apresentações. Acreditando ser uma piada os homens desafiam o Fantasma e dizem que não vão lhe pagar e muito menos ceder às suas exigências. 

Na noite em que Christine estreia, o Visconde Raoul a reconhece: eles brincavam juntos quando crianças. E é aí que mora o perigo: Raoul e Christine se apaixonam. Mais tarde, Christine vai até a capela falar com seu Anjo da Música, seu professor. Ela acredita que ele foi enviado pelo seu pai para cuidar dela e guia-la, mas na verdade este anjo é o Fantasma. Christine fica fascinada pelo Anjo/Fantasma e ele então leva a moça ao seu esconderijo na escuridão, lá ele canta para ela "A Música da Noite" e deixa explícito suas intenções: casar-se com ela.
Fascinada e  aterrorizada por descobrir que o Anjo e o Fantasma são a mesma pessoa (e de carne e osso), Daae desmaia e é cuidadosamente acolhida pelo Fantasma. Ao acordar, a moça deseja ver a face daquele ser maravilhoso e genial, mas ao retirar a máscara de sua face, desperta a ira do homem que no fim das contas, acaba fazendo que Christine o odeie e tenha medo ao invés de amor. 

***

O filme foi baseado num musical, que por sua vez foi baseado num livro. Não sei o quão fiel ele é ao romance de Gaston, mas não importa: é maravilhoso! O filme é simplesmente encantador. A trilha sonora é maravilhosa e o Fantasma é um gentleman. 




Título Original: "The Phantom Of The Opera"
Data de Lançamento: 2004
Elenco Principal: Gerard Butler, Emmy Rossum, Patrick Wilson, Miranda Richardson, Minnie Driver, Ciarán Hinds, Simon Callow, Victor McGuire. 
Roteiro: Andrew Lloyd Webber, Gaston Leroux
Direção: Joel Schumacher
Duração: 143 minutos.
Gênero: Drama / Musical

4 comentários :

  1. Já toquei uma versão da música O Fantasma da Opera na flauta transversal.Ficou muito lindo! Nunca vi o filme, mas sempre tive curiosidade em ver. Adorei a postagem, beca.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino! A trilha sonora é inspiradora e realmente deve ter ficado muito lindo! <3

      Super recomendo, acho que você vai amar! E obrigada, Lidi <3
      Beijocas

      Excluir
  2. Ahhhhh eu amoo esse filme! Eu fico cantando as músicas aqui em casa kkkk Caramba, cada vez encontro mais familiaridade nos nossos gostos O.o
    Eu ainda quero ler o livro, mas segundo o que eu entendi no filme deixaram o fanrasma mais bonzinho , mas gentleman. Já no livro acho que ele é mais agressivo e psicopata. Mas amo o filme mesmo assim e quero muitooooo ler o livro, sério, desde pequena eu tinha um facínio pelo fantasma da ópera <3
    Beijos

    www.curiosametamorfose.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, eu também *-* nem me fale, somos parecidas <3

      Sim, li numa resenha que o final é triste no livro (tinha esperanças que o Fantasma ficasse com a Christine "/)
      Eu tô só esperando chegar na biblioteca para pegar, te conto o que eu achei em primeira mão, prometo! Hahaha

      Beijocas, Lana <3

      Excluir