3 de mai de 2016

No Seu Olhar | resenha.

 
 
Nicholas Sparks é aquele autor que a gente suspira só de ouvir o nome. Quantas de suas histórias gostaríamos de ter vivido? Quantas noites passamos em claro devorando cada romance? Finais felizes, finais tristes, finais surpreendentes... Sparks é um autor apaixonante.

Com "No Seu Olhar" não foi diferente. Apesar de ser um livro, relativamente extenso, a história não fica arrastada, nem perde a magia. Sparks sabe prender um leitor e até mesmo o mais descompromissado deles, rende-se ao encanto do autor.


O Amor Enxerga Além das Aparências

 
"Colin e Maria não foram feitos um para o outro, mas um encontro casual durante uma tempestade mudará o rumo de suas histórias. Ao confrontar as diferenças entre os dois, eles questionarão as próprias convicções. E ao enxergar além das aparências, redescobrirão a capacidade de amar.
 
Porém, nessa frágil busca por um recomeço, o relacionamento deles é ameaçado por uma série de incidentes suspeitos que reaviva antigos sofrimentos. E quando um perigo real começa a se impor, Colin e Maria precisam lutar para que o amor sobreviva."

Colin é o tipo de cara que você não gostaria de cruzar na rua se estivesse sozinho: com uma cara fechada, constantes hematomas por causa da MMA e suas tatuagens deixa uma primeira impressão bem desagradável, mas a maldade está nos olhos de quem vê, não é mesmo? Ele já foi sim um "garoto problema", mas agora luta pela sua liberdade e força de vontade para mudar.
Maria é advogada, bonita, amável, prestativa e inteligente, workaholic e sem tempo para muita diversão. Filha mais velha de um casal de imigrantes mexicanos, luta para se manter na profissão que antes parecia um sonho glamuroso, mas não passa de uma ilusão.
Ambos carregam seus traumas e definitivamente apaixonar-se não estava em nenhum de seus planos, mas uma tempestade e um carro com pneu furado, faz os dois se conhecerem. Apesar de ser "brutamontes", Colin foi super gentil e cauteloso. Maria também estava bem alerta a qualquer sinal de perigo, mas não havia o que temer.
 
Colin e Maria não tinham a probabilidade de se encontrar e se apaixonar, mas a irmã mais nova da advogada notou que Colin (que até então ninguém conhecia) poderia ser o tipo de cara em potencial para fazer a irmã aproveitar a vida. Mas como Serena iria fazer isso?
Em uma de suas aulas na faculdade, Colin nota uma garota olhando para ele, não estava "paquerando", estava tentando descobrir sobre ele. Após a aula, Colin vai à biblioteca e no meio do caminho é interceptado pela mesma garota que gentilmente grita para Colin: "- Ei, você aí de cara machucada!"
Serena e Colin... Ou melhor, Serena lotou Colin de perguntas e descobriu que o homem era sincero (até demais), mas não era arrogante. Um perfeito candidato para sua irmã. Agora só faltava ambos realmente se conhecerem e se apaixonarem, Serena então descobriu onde Colin trabalhava e levou Maria até lá. Ambos realmente ficam surpresos, mas a conversa não se estendeu muito, pois era o local de trabalho de Colin. Serena por fim despediu-se da irmã e Maria tentava decidir se ia para casa ou se andava na praia para espairecer. Resolveu que não queria dirigir naquele momento.
Enquanto observava as paisagens, as pessoas, fazia uma pequena retrospectiva da sua vida. Demorou um pouco para notá-lo, mas ele a conhecera de longe, Colin estava parado no píer observando o mar. Ela notou que Colin era incrivelmente belo (e ele também notou como ela era bela) e foi aí o início de uma história de amor e teimosia.
Entretanto, as coisas nunca foram assim tão fáceis para nenhum dos dois e não seria diferente agora, um belo dia, Maria recebe em seu serviço belas rosas e presume ser de Colin, mas junto com elas há apenas um bilhete escrito: "Você vai saber qual é a sensação.", ao ligar para agradecer Colin, este revela que não foi ele quem mandou as flores, mas se não foi Colin... quem poderia ser?
Vários nomes passaram em sua cabeça, mas havia apenas um que ela queria evitar. Este era o mais óbvio, mas depois de dois anos... era impossível! Tinha de ser outra pessoa. Porém, quando coisas estranhas começam acontecer (coisas que tinham acontecido no passado), Maria é dominada por um sentimento de terror ao descobrir que estava sendo perseguida pela mesma pessoa que a fizera mudar de cidade e de emprego.
***

"No Seu Olhar" tem aquele suspense policial que nós adoramos e creio que se houver uma adaptação às telonas, vai ficar tão boa quanto "Um Porto Seguro".
É nítido o amadurecimento de Nicholas Sparks, tornando seus livros cada vez mais atrativos. A Editora Arqueiro fez uma capa muito boa, mas admito que sinto falta dos famosos casais se beijando que viraram uma marca registrada do autor.

Título Original: See Me
Autor: Nicholas Sparks
Ano de Publicação: 2016
Número de Páginas: 432
Editora: Arqueiro
Classificação: Literatura estrangeira; Ficção; Romance

2 comentários :

  1. Só li um livro do Nicholas Sparks até hoje. Chorei feito criança no final do livro haha ''Um amor para recordar'' . Gostei da resenha e da história!

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, se eu te contar que tem alguns livros que só de ouvir o nome já me dão vontade de chorar, você acredita?
      "Um Amor Para Recordar" e "O Melhor de Mim" são exemplos...
      Super recomendo!

      Beijocas

      Excluir