11 de abr de 2016

W-SOUZA [Parceiros do Cafofo] | #ConversaLiterária

 

Olá meus amigos e amigas! Há algum tempo fechei parceria com os autores Wânio e Wolnéia, do DIÁRIO DE BUSCA. Um livro surpreendente, devo dizer. 
E nada mais justo do que apresentá-los a vocês e conhecer um pouco sobre eles e o processo criativo desse livro que tem de tudo um pouco. 

Quando mandei o e-mail com as perguntas, fiquei até preocupada em ser "invasiva demais", mas eles foram muito gentis e responderam a todas as perguntas. 

Confiram! 



01. Qual foi a inspiração de vocês?

Wânio e Wolnéia: "Diário de Busca nos “abraçou” naturalmente, nasceu embalado por um prazer pela escrita. De inicio queríamos falar sobre a grandeza do universo, assunto que ambos gostamos. Porém, à medida que colocávamos as ideias no papel, novas inspirações foram surgindo. E como inspiração não é um elemento que se encontre em prateleiras ou, que apareça no exato momento em que se solicita, há que se incentivá-la.  Acreditamos que, curtir praia, livros e natureza, além de assistir a bons filmes, claro que, sem esquecer, das pipocas e do refrigerante ou, simplesmente bater papo com amigos, sejam elementos indispensáveis nesse âmbito."



   
02. Basearam-se em algum fato para o livro? Alguma situação?

Wânio: "De certa forma sim, nós sempre lemos sobre variados assuntos e a ideia central da trama, contém componentes e até alguns seguimentos baseados em experiências de vida.  Fizemos pesquisas sobre épocas e locais para dar um tom de veracidade à história.  A mistura do verdadeiro com o fictício transforma o enredo, enriquece-o, deixando-o mais interessante e atraente."    



03. Qual o autor e o livro preferido de vocês?

Wânio: "Não tenho um autor preferido, na verdade, à medida que leio, passo a apreciar determinadas características em vários autores. Alguns como, Machado de Assis, eu aprecio pela diversidade de gêneros. Carlos Ruiz Safón, pela qualidade em desenvolver suas tramas. Já Jorge Amado, pela forma como dialoga com o povo. Quanto aos livros, tive vários preferidos, porém noto que, a cada ano, elejo um em especial. Em 2013 meu preferido foi - A cidade do sol. Em 2014 gostei muito de - A menina que roubava livros. Em 2015 - A Sombra do vento, e este ano, o que mais gosto, é DIÁRIO DE BUSCA."  
Wolnéia: "Sou uma eclética quanto a livros e amo vários escritores, mas, meus preferidos são romances.  Meu mestre é Paulo Coelho, um bom livro, pelo menos um fictício, precisa ter como tempero essencial, uma gorda dose de imaginação, e nisso ele é rei.  Quando era adolescente, li O Reverso da Medalha, de Sidney Sheldon e, me apaixonei, ele sabe entrelaçar cenas como ninguém.  Dentre tantos que poderia citar, digo que gosto de Nicholas Sparks, ele consegue alcançar a alma, e de Khaled Hosseini, que sempre me faz parar para pensar.  E para finalizar, concordo com o Wânio, o que leva o troféu é Diário de Busca."




04. Qual a primeira sensação e o primeiro pensamento que vocês tiveram quando a Chiado falou que iria publicar o livro de vocês?

Wânio e Wolnéia: "A primeira sensação foi de surpresa. Em nossas pesquisas sobre a possibilidade de aceitação por editoras, descobrimos que há grandes dificuldades.  São avaliados milhares de manuscritos por ano e publicados poucos. Ter Diário de Busca aceito rapidamente pela segunda editora que o avaliou, foi muito gratificante. Sim, porque a primeira editora também aceitou publicar, mas decidimos pela Editora Chiado.  Agora fica a satisfação de saber que nosso trabalho será apreciado por muitos." 


05. Há alguma parte do Diário de Busca que vocês gostem mais? 

Wânio: "Eu particularmente gosto das partes em que as personagens femininas atuam.  Diário de Busca não é uma história onde a mocinha é ingênua ou indefesa, ou está à sombra de um personagem masculino. Todas as mulheres da trama têm no mínimo uma característica forte, que a meu ver, está mais condizente com a realidade dos dias atuais."
Wolnéia: "Eu gosto da humanização real da trama, acho interessante um livro de aventura com ficção compartilhar experiências sobre as várias faces da psique humana." 


06. Vocês tiveram alguma discordância ou briga durante o processo criativo do livro?

Wânio: "Bom, brigas; não, não tivemos. Temos uma visão muito parecida sobre quase tudo, trabalhar no processo criativo do livro ao lado da Wolnéia foi um mar de rosas. Tivemos algumas discordâncias que logo foram resolvidas com um breve dialogo." 
Wolnéia: "Não há como ter brigas, o Wânio é um cara muito tranquilo e divertido. Nossas conversas sobre a trama, na maioria das vezes, acabavam em risadas. Além do mais, concordamos em quase tudo, e principalmente nos respeitamos, e isso é essencial. Quando um fala o outro escuta, essa é chave de uma boa parceria."


BÔNUS: Uma frase, um lema de vocês.

Wânio: De tudo na vida podemos tirar algo bom!!!!

Wolnéia: Cicatrizes são marcas de superação que só um guerreiro possui.

***


Super me identifiquei com eles, do mesmo modo que me identifiquei com Leopoldo no DIÁRIO DE BUSCA. Em breve postarei a resenha do livro, pra vocês. Ansiosos? 





6 comentários :

  1. Ansiosa sim ou claro? haha. Adorei a entrevista! Suas perguntas foram muito interessantes. Vou colocar o livro na minha lista de livros para comprar.

    Beijão, Beca!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, você vai amar o livro, certeza!
      Obrigada, acho que já posso ser jornalista, que tal? Haha.

      Beijocas <3

      Excluir
  2. Excelente entrevista. Os irmãos Souza são incríveis e a obra ''Diário de Busca'' é surpreendente.

    Parabéns pelo blog, conteúdo muito bom.

    Abraços.

    http://leootaciano.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Léo!
      Nem me fale! Surpresa com a simpatia e a disposição deles em responder as perguntas e manter contato!
      Sobre o Diário: sabe quando você fecha um livro e fica uns minutos olhando pro nada, pensando no que acabou de ler?! Pois é. Livro Maravilhoso!

      Muito obrigada, volte sempre!

      Beijocas,
      Rebeca Grauer.

      Excluir
  3. Annn, que legal. Amei a entrevista.
    Te indiquei pra uma tag:
    http://eusouumpoucodecadalivroqueli.blogspot.com.br/2016/04/esse-ou-esse.html
    Bjão e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi,
      obrigada e obrigada pela indicação! <3

      Beijocas

      Excluir