5 de jun de 2019

Garota Exemplar | resenha.

Se eu tivesse que resumir este livro e uma palavra seria: doentio. Até onde vai a compulsão entre duas pessoas?




Franz Kafka citou: “Apenas deveríamos ler os livros que nos picam e que nos mordem. Se o livro que lemos não nos desperta como um murro no crânio, para que lê-lo?”  este fez muito mais que isto. “Garota Exemplar" desenterrou dores e mágoas que eu guardava há muito tempo e, pela primeira vez, consegui confrontar meus pensamentos e sentimentos. Houveram momentos que eu achei que não iria conseguir prosseguir na leitura, mas, depois de quinze dias, terminei embasbacada, amando a autora e inconformada em como a mente humana pode ser engenhosa e doentia.


22 de mai de 2019

Entre Quatro Paredes | resenha.


Creio que todos nós já nos enganamos com alguém em algum ponto da vida, mas se enganar e ter de ficar quieto(a) por medo é um absurdo. 




“Entre Quatro Paredes” é tão intenso, que em determinados momentos, eu notei que prendia o ar ou até mesmo tinha de dar uma parada pra tomar um copo d’água. 

14 de mai de 2019